.

Por que investir em um sistema de integração PACS e RIS

Equipamentos para a realização de exames de radiografia, mamografia, ultrassonografia, endoscopia e tomografia computadorizada, entre diversos outros, geram imagens que depois têm de ser convertidas em arquivos digitais, para serem armazenadas e distribuídas. O PACS (Picture Archiving and Communication System, ou Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens) é o sistema com a capacidade de realizar todo esse processo.

Atualmente, existe uma variedade de softwares de gestão disponíveis para as instituições de saúde, cada um com diferentes focos e abordagens. Estas ferramentas podem gerir desde o cadastro dos pacientes até exames e preparação de laudos médicos. Tanta diversidade de softwares pode significar a dispersão de dados quando o que interessa para o bom funcionamento de um hospital ou clínica é a reunião destas informações de forma acessível, disponível e abundante. Assim, o atendimento ao paciente se dá de maneira eficiente, principalmente em situações de extrema urgência.

A solução mais evidente é a integração. O potencial de um sistema RIS (Radiology Information System ou Sistema de Informação de Radiologia), por exemplo, pode ser maior quando integrado ao PACS.

Entenda melhor os benefícios da integração PACS e RIS e descubra porque vale a pena investir nisso!

 

Facilitação do processo comunicativo

Os problemas decorrentes do uso de multiplataformas não são desafios novos para o setor de TI. À medida que a adoção de tecnologias se torna uma atitude amadurecida nas instituições, novos processos surgem. A integração dos sistemas é um deles que precisa ser superado a fim de provar que a incorporação de diferentes ferramentas e soluções tecnológicas favorece, de fato, a eficiência do hospital ou da clínica.

O RIS é um sistema cujo banco de dados pode ser integrado com sucesso ao PACS, facilitando o processo comunicativo entre eles para que o gerenciamento das imagens seja mais acertado ao ser combinado a outros dados clínicos do paciente.

Conseguir manter um registro único do paciente é um dos benefícios da integração. O PACS permite que os dados sejam cruzados e que as imagens geradas pelos equipamentos de exames possam ser manipuladas mesmo a partir de acesso remoto.

A integração PACS e RIS consolida essa base, criando um registro de acesso universal para que os profissionais de radiologia possam consultar dados dos pacientes sem ter de sair de um sistema e ingressar em outro para associar as informações.

 

Vantagens para pacientes e para profissionais

PACS e RIS integrados contribuem para o funcionamento eficiente do serviço de radiologia. A formação de uma base sólida de pacientes traz benefícios tanto para os que recebem assistência de saúde quanto para os profissionais atuantes na instituição.

Estas vantagens são estendidas, também, ao paciente que passa a contar com um registro mais rico no sistema, aumentando as chances um atendimento de melhor qualidade. Isso se dá, pois, esta prática permite uma análise mais ampla do seu quadro de saúde, tendo imagens de exames e dados clínicos combinados.

Já quanto aos profissionais de radiologia, se a integração PACS e RIS não existir, são obrigados a realizar um novo cadastro do paciente no momento do exame. Ou seja, há um desperdício de tempo no processo que pode ser evitado caso os sistemas estejam integrados. A necessidade de fazer um novo cadastro também pode gerar problemas em função de erros de preenchimento ou mesmo duplicação de cadastros.

 

Diminuição de custos

Os custos são reduzidos em decorrência de vários fatores, desde a substituição de filmes radiográficos por imagens digitais, até o aumento da eficiência operacional da instituição. Afinal, com os sistemas integrados, o tempo de espera do paciente é diminuído, assim como o tempo investido pelo corpo clínico para prestar assistência.

Os preços com o armazenamento digital têm caído em razão de cada vez mais empresas aderirem a alternativas tecnológicas de gestão de dados. Isso traz ainda mais vantagens ao armazenamento digital em comparação ao armazenamento em filme. Dados virtuais não somente são mais práticos de serem manuseados, como não ocupam espaço físico nos hospitais ou clínicas.

 

Aderência entre processos, pessoas e tecnologias

A integração PACS e RIS proporciona à instituição mais eficiência para lidar com as informações dos pacientes e com os dados gerados pelos equipamentos. Integrar os sistemas é uma oportunidade para conseguir melhores os resultados quando se trata de conciliar tecnologia, processos e pessoas.

Esta prática favorece também a formação de uma cultura organizacional de protocolos bem definidos. Ter protocolos clínicos institucionais significa que o hospital ou a clínica possui padrões de atendimento consolidados para determinadas situações. Isso se torna bastante útil quando a liberação de raio-X é necessária dentro de um tempo curto em razão de uma eventual emergência, por exemplo.

Possuir processos bem definidos traz mais uniformidade ao tratamento das informações e mais fluidez ao funcionamento da instituição, otimizando seu desempenho.

 

Aumento da qualidade do serviço assistencial

Investir ou não numa integração PACS e RIS vai além de avaliar redução de custos e facilitadores de trabalho para o corpo dos profissionais. Trata-se, sobretudo, de impactar positivamente a qualidade dos serviços de saúde prestados ao paciente. Basta imaginar uma situação de emergência em que, durante sua passagem pela instituição, o paciente tenha de ingressar no centro cirúrgico. Ter reunidos os dados de exames, dados cadastrais e dados clínicos é crucial para possibilitar ao paciente um atendimento com rapidez e qualidade.

A importância de garantir que todas as informações necessárias estejam disponíveis e acessíveis para serem consultadas fica evidente. Nesse sentido, percebe-se que a integração afeta o fluxo de passagem dos pacientes pela instituição de saúde e pode elevar a qualidade do atendimento fornecido.

Outra vantagem que conta a favor é que a integração pode ser feita mesmo entre equipamentos e sistemas de gestão hospitalar de fornecedores diferentes. Um laudo feito no PACS estará disponível para ser lido no RIS e vice-versa.

AV T-8 Nº 478
Setor Bueno - Goiânia - GO

Email: atendimento@assistenciaultrassom.com.br

Fones: 62 3110 5757

WhatsApp: 62 9 86107777 / 11 9 7533 5757

ATENDIMENTO NACIONAL

0800 717 7772


Main Menu